Wall Street: Trump abala dólar, mas preço do crude anima ações

O presidente-eleito centrou as atenções. O setor farmacêutico sentiu as críticas, mas os índices acabaram em alta pois Trump falou pouco sobre os estímulos, castigando o dólar e fazendo disparar o petróleo.

Lucas Jackson/Reuters

Os índices acionistas nos EUA viveram um dia volátil com as atenções centradas na conferência de imprensa do presidente-eleito Donald Trump, mas acabaram por fechar em alta com o suporte dos preços do petróleo.

As cotações do barril de Brent e de Crude disparam 3%, para 55,2 dólares e 52,3 dólares, respetivamente, impulsionadas por um dólar enfraquecido pelo discurso de Trump e por notícias que a Arábia Saudita cortou as exportações para a Ásia.

O industrial Dow Jones valorizou 0,50%, o tecnológico Nasdaq subiu 0,21%, e o S&P 500 ganhou 0,30%.

O magnata republicano Trump não desiludiu na polémica, falou sobre a amizade com Putin, o “desastre do Obamacare”, tweets alegadamente nazis e o “amor” pelos mexicanos.

Em relação à economia foi, contudo, mais parco, e o impacto foi sentido principalmente no setor da saúde. Os índices acionistas estavam a negociar em leve alta quando Trump criticou o abuso da indústria farmacêutica no aumento dos preços dos medicamentos, abalando os títulos desse setor. O índice S&P 500 Health Care chegou a cair 1%, arrastando o Dow, o S&P 500 e especialmente o Nasdaq.

Trump tem alimentado um ‘rally’ nas ações americanas, após ter sido eleito em novembro, com os investidores animados pelas promessas de cortes nos impostos e mais investimento nas infraestruturas. Hoje,  no entanto, o presidente-eleito não ofereceu detalhes sobre o calendário e âmbito dessas políticas.

 

 

“O mercado não teve aquilo que queria – detalhes sobre os estímulos”, disse Bipan Rai, estrategista de câmbio e macro no Canadian Imperial Bank of Commerce.

Essa ausência de detalhes penalizou o dólar, que negoceia a desvalorizar 0,40% face à moeda japonesa para 115,32 iénes. O euro aprecia-se 0,24% para 1,06 dólares.



Mais notícias