Visita do Papa: Inspectores do SEF suspendem greve

Inspectores do SEF salientam que apenas a suspensão da greve permite cumprir o controlo de fronteiras, estipulado pela operação de segurança.

A visita do Papa a Portugal levou os inspetores do SEF a suspender a greve às horas extraordinárias, noticia o Diário de Notícias.

No período entre 9 e 14 de maio, como uma das medidas da operação de segurança efetuada para a visita do Papa, as fronteiras voltam a ter controlo.

Os inspetores do SEF salientam, num comunicado a que o jornal diário teve acesso, que a suspensão da greve é a forma de “colmatar” o que consideram  “a endémica falta de efetivos”, necessários ao cumprimento do controlo de fronteiras.

 





Mais notícias