VIII Encontro de Escritores de Língua Portuguesa acontece de 19 a 21 de Abril na Praia

A oitava edição do Encontro de Escritores de Língua Portuguesa acontece de 19 a 21 deste mês, na Universidade de Cabo Verde (UNICV), na Cidade da Praia, tendo como tema-chapéu “A Cidade e a Literatura”.

A capital de Cabo Verde já tinha acolhido, em Outubro de 2017, o VII Encontro de  Escritores de Língua Portuguesa com o tema “À Margem da Literatura”, e volta a receber personalidades do mundo literário português no oitavo encontro de escritores da comunidade promovido e organizado pela União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA), em colaboração com a Câmara Municipal da Praia.

Esta edição tem como tema principal “A Cidade e a Literatura: conexões entre Cidadania, Criatividade e Juventude” e três subtemas, “A Literatura e Cidadania”, “A Literatura e Criatividade” e “A Literatura e a Juventude”. O evento, que gira em torno da Língua Portuguesa, contribui para o diálogo e o enriquecimento entre os escritores dos diferentes continentes, segundo a organização.

Cabo Verde estará representado pelos escritores Fátima Fernandes, Hermínia Curado, Joaquim Arena, Jorge Carlos Fonseca, Jorge Tolentino, Judite Nascimento, Leão Lopes, Manuel Brito Semedo, Natacha Magalhães e Nuno Rebocho.

De Angola vem o escritor David Capelenguela, enquanto  Filipa Melo, Inês Barata Raposo e José Carlos Vasconcelos representam Portugal. Concha Rousia (a representar a Galiza, Espanha), Tony Tcheka (Guiné-Bissau), Zhang Weimin (Macau), Conceição Queiroz (Moçambique), Olinda Beja (São Tome e Príncipe) e Luís Costa (Timor-Leste), são outras personalidades a fazer parte deste evento literário.

De salientar que as anteriores edições decorreram na cidade de Natal (Brasil), em Luanda (Angola) e na cidade da Praia (Cabo Verde).

Ao longo dessas edições, já participaram mais de 100 escritores, entre os quais escritores consagrados pelos principais prémios literários das literaturas escritas em Língua Portuguesa – incluindo 5 prémios Camões: Arménio Vieira, Eduardo Lourenço, João Ubaldo Ribeiro, Pepetela e Mia Couto, mas também escritoras de diferentes gerações e tradições literárias.




Mais notícias
PUB
PUB
PUB