Vendas da Seat crescem 14% no primeiro trimestre

A Seat distribuiu em todo o mundo 117.300 veículos no primeiro trimestre deste ano, garantindo um crescimento de 14% e a sua melhor performance desde 2001. Em Portugal, o crescimento foi de 10,6%.

Depois de ter regressado aos lucros em 2016, a Seat continua no caminho do sucesso, pelo menos a julgar pela sua performance de vendas. A marca anuncia ter conseguido o seu melhor primeiro trimestre desde 2001. O construtor espanhol viu as suas vendas mundiais crescerem 14% neste período, registando um total de 117.300 viaturas entregues a clientes, mais 14.400 do que em igual período de 2016. Em março, o total de vendas foi de 53.200 unidades, o que representa um aumento de 14,4% face a igual período do ano transato. O número de veículos vendidos em março é o mais alto num único mês nos últimos 17 anos, desde março de 2000.

“Fechamos o primeiro trimestre ainda com melhores resultados do que os inicialmente previstos. Somos uma das marcas de crescimento mais rápido na Europa e estamos muito satisfeitos com o resultado global mas também com o fato de o crescimento estar a registar-se de forma bastante homogénea nos nossos mercados graças à ofensiva de novos modelos. A chegada do renovado Leon impulsionou as vendas e o novo Ibiza contribuirá positivamente para estes resultados a partir de junho”, afirma Wayne Griffiths, Vice-Presidente de Vendas e Marketing da Seat.

A casa de Martorell justifica esta aceleração das vendas com a sólida atuação comercial nos cinco principais mercados, registando um crescimento de dois dígitos em todos eles. Espanha encabeça as vendas no primeiro trimestre do ano com 24.700 veículos vendidos (+16,6%); seguem-se Alemanha (20.600; +10,1%) e o Reino Unido (16.800; +25,2%). França (6400; +12,3%) e Itália (5300; +17,9%) também subiram acima dos 10%. Em Portugal, as 1950 unidades registadas no primeiro trimestre deste ano correspondem a uma subida de 10,6% comparativamente ao período em análise de 2016.

“O arranque de 2017 mostra-se muito auspicioso também para a Seat Portugal. A marca cresceu no primeiro trimestre 10,6% versus o período homólogo do ano passado, o que significa que cresceu quatro vezes mais que o mercado de passageiros. Foi determinante neste sucesso o lançamento do novo Leon e o desempenho do Ateca”, esclareceu Rodolfo Florit, Diretor Geral da Seat Portugal.

Mais notícias