Venda imobiliária do Banco Popular foi a maior do mundo em 2017

China liderou no mercado de compra e venda, com os gestores de fundos a mostrarem-se cada vez mais interessados neste setor.

A venda imobiliária do Banco Popular foi a maior operação no setor, de um único ativo, numa operação que teve uma valorização de 10 mil milhões de euros.

Este negócio do Banco Popular com ativos imobiliários e empréstimos com garantias imobiliárias lidera o ranking feito pela Real Capital Analytics (RCA) onde se destaca também as transações realizadas no mercado chinês, e outras no Reino Unido. Desta classificação não fazem parte as compras de companhias.

Esta operação foi anunciada em agosto de 2017, após o controlo desta entidade por parte do Banco Santander, em junho e foi estruturada numa sociedade valorizada em 10 mil milhões de euros, com a empresa Blackstone a controlar 51%, ficando os outros 49%, para o banco liderado por Ana Botín. A Blackstone é um dos grandes proprietários de ativos imobiliários em Espanha, possuindo também a Catalunha Caixa.

Outras das grandes operações do último ano foram realizadas pela China. A China Vanke, uma empresa de imóveis e serviço de desenvolvimento urbano, adquiriu vários terrenos para empreendimentos imobiliários, pelo valor de 7,1 milhões de euros em Guangzhou, naquela que foi a segunda maior transacção de 2017.




Mais notícias
PUB
PUB
PUB