Uber regista crescimento de 74% nas receitas em 2016

Os resultados do primeiro trimestre de 2017 ainda não são conhecidos, mas a empresa garante que vão ao encontro das expectativas.

Pela primeira vez, a Uber divulgou os seus resultados – ainda que não tenha obrigação de o fazer. A plataforma privada de transporte de passageiros informou através de email que, no último trimestre do ano passado, as suas receitas cresceram 74%, situando-se nos 2,9 mil milhões de dólares (2,7 mil milhões de euros), e as perdas cresceram até aos 991 milhões de dólares (930 milhões de euros), no mesmo período.

Os resultados da empresa em 2016, veiculados pela Bloomberg, mostram uma receita líquida de 6,5 mil milhões de dólares (6,1 mil milhões de euros) e um prejuízo líquido ajustado de 2,8 milhões de dólares (2,6 mil milhões de euros). Apesar de não ser possível fazer comparações com os números mais atuais, respeitantes ao primeiro trimestre de 2017 e que nunca vieram a público, a empresa de transporte de passageiros, adianta que estão em conformidade com as expectativas.

“Temos a sorte de ter uma empresa saudável e em crescimento, facto que nos dá margem para realizar as mudanças que sabemos que são necessárias na gestão e na contabilidade, na cultura e na organização e no nosso relacionamento com os motoristas”, escreveu Rachel Holt, responsável da Uber nos Estados Unidos, em comunicado divulgado pela mesma agência.

Mais notícias