Tudo a ‘vermelho’ em dia negro para Wall Street

Ecos da demissão no seio do FBI continuam a deixar os investidores muito preocupados.

Reuters

Os mercados norte-americanos encerram em terreno negativo numa sessão ainda marcada pela demissão do Director do FBI, James Comey, e pelas ‘ondas de choque’ que esse ato continua a gerar.

O industrial Dow Jones perdeu 0,11% para 20.919,42 pontos, o tecnológico Nasdaq desvalorizou 0,13% para 5.674,22 pontos e o financeiro S&P 500 recua 0,46% para 2.388,71 pontos.  A performance do índice Dow foi pressionada pelas ações da Disney que deram um tombo depois da empresa de ter anunciado que as vendas trimestrais tinham ficado aquém do previsto.

O índice financeiro sofreu uma quebra no seguimento da apresentação dos resultados da Macy’s Inc., que também não alcançaram o esperado.  As vendas do negócio de materiais de construção Macy’s and Kohl’s caíram, criando receio nos mercados que o consumo dos EUA desacelere e tenha consequências no crescimento económico do país.

“O tijolo e argamassa estão se a ser prejudicados mais do que provavelmente alguém esperava”, disse o presidente da Abel Noser em Nova York, Anthony Conroy, à Reuters.

Os investidores estão agora à espera de novos dados sobre as vendas do retalho em abril, que serão conhecidos esta sexta-feira. “É um teste de intestino sobre a saúde do consumidor”, acrescentou Phil Blancato, diretor executivo da Ladenburg Thalmann Asset Management.



Mais notícias