Tensões geopolíticas atingem bolsa nacional

PSI20 acompanha a tendência dos pares europeus e desvaloriza quase 1%. Importa realçar que o volume das negociações foi reduzido.

REUTERS/Benoit Tessier

A bolsa nacional encerrou com perdas, afetada pela conjuntura internacional. O PSI20 desvalorizou quase 1% para os 5.201,59 pontos com a maioria das cotados no ‘vermelho’ a acompanhar a tendência europeia.

Ainda assim, importa realçar que o volume das negociações foi reduzido, o que significa que as perdas tiveram como causa a falta de liquidez e não tiveram origem numa “pressão vendedora significativa”, de acordo com o BPI online.

A retalhista de peso do índice, a Jerónimo Martins, perdeu 0,21% para os 16,89 euros, a EDP tombou 1,61% para 3,11 euros e a petrolífera Galp tombou mais de 2% para terminar com os títulos nos 13,91 euros.

Destaque para a Pharol, a cotada líder nas perdas, com uma desvalorização de 7,08% para os 0,30 euros.

A cotada tem registado perdas na sequência das noticias reportadas pela Oi disponíveis na CMVM.

A encerrar com ganhos estiveram apenas a NOS e a Novabase, a subir 0,02% e 0,41% respetivamente.



Mais notícias
PUB
PUB
PUB