Singapura tem máquina gigante automática que vende… carros de luxo

A Autobahn Motors inaugurou em Singapura um prédio de 15 andares que serve como showroom para um total de 60 automóveis de luxo. O original desta solução é o formato “vending machine” utilizado, que serve para poupar espaço mara também para se diferenciarem da concorrência.

A Reuters adianta a notícia da inauguração da primeira “vending machine” de automóveis. Em causa está o design do novo showroom da Autobahn Motors, empresa de Singapura que se dedica à venda de automóveis de luxo usados, que lembra exatamente uma máquina de venda automática.

Gary Hong, diretor geral da Autobahn Motors, declarou à Reuters que a ideia do formato “vending machine” pretende utilizar de forma mais eficiente o (pouco) espaço existente em Singapura, mas também distanciar-se da concorrência: “Precisávamos de cumprir a nossa necessidade de mais espaço para alojar os automóveis. Ao mesmo tempo, queríamos ser criativos e inovadores”, disse, acrescentando que o sistema de inventário e recolha de automóveis que utilizam já foi alvo de cobiça por outras empresas, que o queriam utilizar em serviços de estacionamento.

O prédio em causa tem 15 andares e alberga até 60 automóveis, visíveis para o exterior através da estrutura em aço e vidro. Para ajudar ao conceito de “vendingmachine”, a Autobahn Motors usa um sistema de recolha automática das viaturas, bastando que o cliente interessado a selecione através de um touchscreenlocalizado no rés-do-chão. O veículo chega passados alguns minutos, diz a Reuters.

Esta não é a primeira vez que o formato é utilizado no retalho automóvel. A norte-americana Carvana usa um sistema semelhante para vender os seus automóveis, tendo, em março passado, inaugurado uma estrutura de oito andares em SanAntonio, no Texas, EUA.

Mais notícias