SAD do FC Porto diminui resultado negativo para 35,3 milhões de euros

A Sociedade Anónima Desportiva do Futebol Clube do Porto apresentou hoje, em comunicado enviado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), um resultado consolidado negativo de 35,3 milhões de euros no exercício de 2016/17.

Apesar do resultado ser negativo, a SAD “azul e branca” superou o acordo traçado com a UEFA, ao abrigo do “fair-play” financeiro, e realça que o prejuízo diminuiu perto de 40% em comparação ao exercício anterior de 2015/16, onde o FC Porto anunciou um resultado negativo de 58,4 ME.

No comunicado é referido ainda que a redução de despesas com jogadores e equipas técnicas, levou à diminuição dos custos operacionais em 2,5 ME. Devido ao valor contabilístico do plantel e ao aumento do valor registado em caixa, o ativo cresceu 3,3 ME face a 30 de junho de 2016, situando-se nos 378,42 ME. Já o passivo total atinge os 387,56 ME, representando um aumento de 38,379 ME em relação ao período homólogo anterior. O FC Porto destaca ainda a liquidação da última prestação do “projecto finance” para a construção do Estádio do Dragão, agora totalmente pago.



Mais notícias