RSI chega a mais 8.243 beneficiários

Em média, cada beneficiário recebeu 113,14 euros, em fevereiro, praticamente o mesmo valor registado em janeiro, mas mais 19,4% do que há um ano.

Rafael Marchante/Reuters

O número de beneficiários com Rendimento Social de Inserção (RSI) foi de 214.310, em fevereiro, o que corresponde a um aumento mensal de 0,3% (mais 688 indivíduos face a janeiro) e a uma subida de 4% comparando com o mesmo mês de 2016 (mais 8.243 beneficiários do que há um ano).

De acordo com as estatísticas mensais da Segurança Social divulgadas hoje, a prestação média de RSI por beneficiário foi de 113,14 euros, em fevereiro, praticamente o mesmo valor registado em janeiro. Comparando com o valor de há um ano, que era de 94,79 euros, verificou-se uma subida de 19,4%.

Por família, o valor médio de RSI foi de 257,14 euros, representando uma descida de 0,2% no que respeita ao mês anterior e um aumento de 20,1% comparativamente ao período homólogo.

“Estes aumentos a rondar os 20%, face a fevereiro de 2016, têm por base a alteração da escala de equivalência estabelecida pelo Decreto-Lei n.º 1/2016, de 6 de janeiro, que entrou em vigor em março de 2016 e os aumentos no valor de referência efetivados por aquele diploma e pela Portaria n.º 5/2017, de 3 de janeiro”, lê-se na nota estatística.

Quanto ao Complemento Solidário para Idosos (CSI), o aumento do valor de referência 5.084,30 euros e a campanha de divulgação e sensibilização da medida nos últimos meses “poderão explicar a maior abrangência no número de beneficiários desta prestação”, avança a mesma fonte.

Em fevereiro, o CSI chegou a mais 1.315 idosos do que no mês anterior (0,8%), abrangendo 163.016 indivíduos. Face ao período homólogo, verificou-se uma descida de 1,5% (menos 2.456 beneficiários).





Mais notícias