Regime de gasóleo profissional alargado a 1 de janeiro

O regime de gasóleo profissional, que permitiu um aumento significativo do consumo de combustíveis nas regiões onde está a ser aplicado, vai ser alargado a todo o país a partir de 1 de janeiro, disse hoje o secretário de Estado da Energia.

“A partir de 1 de janeiro todo o país estará abrangido por aquilo que nós decidimos criar como sistema piloto, porque os números demonstram que o consumo cresceu extraordinariamente nas zonas abrangidas pelo projeto na fase piloto”, referiu Jorge Seguro Sanches.

Jorge Seguro Sanches falava no concelho de Penamacor, distrito de Castelo Branco, à margem da cerimónia de inauguração da Subestação da Meimoa, infraestrutura que implicou um investimento de três milhões de euros e que está inscrito no referido plano nacional de melhoria da rede.

Questionado sobre a evolução do projeto do gasóleo profissional, que começou a ser aplicado em setembro, o governante salientou que os resultados demonstram claramente que Portugal estava a perder receita fiscal em virtude da diferença de preços que levava os transportes internacionais a preferirem abastecer em Espanha, país onde os preços dos combustíveis são mais baixos.

PUB
PUB
PUB