Reestruturação no grupo Cofina: O fim do ‘Destak’?

Despedimentos no grupo do Correio da Manhã afetam quase 100% da redação do jornal gratuito Destak. Também os cargos de direcção do CM vão sofrer alterações.

O grupo Cofina, detentor do Correio da Manhã (CM), vai sofrer uma grande reestruturação nas equipas dos vários órgãos de comunicação, que inclui despedimentos.

Octávio Ribeiro, para além de director do CM e da CMTV vai ainda acumular o “cargo de publisher no Grupo Cofina”, apurou o Público. “Eduardo Dâmaso, até agora director adjunto do CM, passa a director da revista Sábado”.

A maior reorganização deve ser feita na redação do ‘Destak’, como informou fonte próxima do jornal ao Público. Ao todo serão nove os trabalhadores despedidos, sendo que inclui um elemento da equipa de gráficos e oito jornalistas. O jornal tem nove jornalistas na sua redacção e três gráficos, até ao momento.

A reestruturação no ‘Destak’ ainda não é oficial, explicou a fonte do Público. “Os afectados não foram ainda formalmente informados pelo departamento de Recursos Humanos.”



Mais notícias