PSP: Novo curso vai formar 200 novos chefes

A ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa anunciou na cerimónia dos 150 anos da PSP, assinalada hoje, a abertura de um curso para a formação de 200 novos chefes da PSP e realização de promoções.

A cerimónia dos 150 anos da Polícia de Segurança Pública (PSP), assinalada hoje, na praça do Império, em Lisboa, ficou marcada pelo discurso da ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, que anunciou a abertura de um novo curso de formação de polícias e a realização de promoções na força policial de segurança pública.

Foram apresentados hoje pela ministra mais 287 novos polícias, que ingressaram a PSP, depois de um curso de formação. Na oportunidade, Constança Urbano de Sousa, apresentou algumas futuras alterações que serão feitas para um melhor desempenho da força de segurança.

“Posso anunciar que foi autorizada a abertura de um curso para a formação de chefes, 200 vagas, o que vai permitir a agentes aceder também a esta categoria”, disse a ministra, na cerimónia, citada pela Lusa.

Acrescentando também que se espera a promoção de 90 agentes principais a agentes coordenadores e 90 chefes principais a chefes coordenadores, e igualmente a ascensão de 122 chefes a chefe principal e de 179 subcomissários à categoria de comissário.

A ministra mostrou-se consciente dos “constrangimentos que existem no contexto atual”, mas acredita que estes passos são importantes para a valorização das carreiras dos polícias da PSP.

A nova tabela salarial da PSP, também foi uma das questões avançadas pela responsável, que garantiu que já se começou a aplicar.

“Queremos assim, ter uma polícia mais bem equipada e melhor preparada para enfrentar os desafios cada vez mais difíceis no mundo em que vivemos”, afirmou.

PUB
PUB
PUB