PSI 20 chega a meio da sessão no “verde”, com Ibersol e Mota-Engil em alta

O principal índice bolsista nacional, o PSI 20, avança 0,18%, para 5.435,16 pontos, com a Ibersol e a Mota-Engil a liderar os ganhos. As praças europeias seguem em alta.

José Manuel Ribeiro/Reuters

A bolsa portuguesa chegou a meio da sessão desta quarta-feira a negociar no “verde”, depois de uma abertura em desvalorização ligeira. O principal índice bolsista nacional, o PSI 20, avança 0,18%, para 5.435,16 pontos, com a Ibersol e a Mota-Engil a liderar os ganhos. As praças europeias seguem em alta.

A Mota-Engil valoriza 3,71%, para 3,6350 euros, e a Ibersol avança 1,75%, para 11,6000 euros.

A operadora NOS também é destaque, ao valorizar 1,20%, para 4,9040 euros.

Em sentido contrário, as ações da Sonae Capital (-1,69%, para 0,9320 euros) e da Jerónimo Martins (-0,95%, para 15,0600 euros) são as que mais desvalorizam.

Carla Santos, gestora da corretora XTB, considerou que este resultado é fruto de “hoje, em Portugal, haver leilão de dívida estando as ‘yields’ a valorizar no dia”.

Esta quarta-feira, Portugal colocou 1.250 milhões de euros de dívida às taxas mais baixas de sempre. Segundo Filipe Silva, diretor da Gestão de Ativos do Banco Carregosa, isso mostra que “o prémio de risco da dívida portuguesa baixou drasticamente o que é muito bom para os interesses do país, dado sobretudo tratar-se de dívida longa.  Estes resultados irão certamente ter impacto também no custo de financiamento de empresas portuguesas que queiram emitir dívida no mercado”.

As principais bolsas europeias negoceiam mistas, à espera do debate no Parlamento Europeu sobre os impostos aduaneiros adotados por Washington. O Parlamento Europeu vai debater as taxas aduaneiras aprovadas pelos Estados Unidos às importações de aço e alumínio. Os investidores europeus continuam a acompanhar os desenvolvimentos políticos dos resultados das eleições de domingo em Itália.

Nas praças europeias, alemão DAX sobe 0,61%, o francês CAC 40 avança 0,39%, o britânico FTSE 100 valoriza 0,35% e o italiano FTSE MIB cresce 0,14%, o espanhol IBEX 35 avança 0,22%. O holandês AEX desvaloriza 0,66%.

“As divulgações hoje das vendas a retalho nos EUA podem gerar bastante volatilidade no mercado”, lembrou Carla Santos.

No mercado petrolífero, o Brent soma 0,43% para os 64,92 dólares por barril e o crude WTI avança 0,74% para os 61,16 dólares.

“Os dados sobre a indústria chinesa divulgados esta noite foram bastante positivos, levando a grande maioria das bolsas asiáticas a negociarem no verde e à reação em alta do preço do petróleo, pela possibilidade do aumento do consumo na indústria chinesa. Atenção que a divulgação hoje dos inventários de petróleo pode criar oportunidades de ‘trading intraday'”, explicou a gestora da XTB.

No mercado cambial, o euro recua 0,17% face ao dólar, para 1,2369 dólares.

[Dados das 12h31]

PSI 20 segue sessão no “verde”. Ibersol e Pharol lideram ganhos




Mais notícias
PUB
PUB
PUB