PSD Madeira critica demagogia de Carlos Pereira sobre preços das viagens da TAP

O PSD Madeira acusa Carlos Pereira, enquanto deputado da Assembleia da República, de tudo ter feito para adiar a revisão do subsídio social de mobilidade.

O PSD Madeira afirmou que as críticas do presidente do PS Madeira, Carlos Pereira, sobre o preços elevados das viagens da TAP não passam de uma manobra de diversão e de fuga de responsabilidades.

Em comunicado o PSD Madeira lembra que Carlos Pereira não só “suporta o Governo da República”, que tem a propriedade da TAP e da ANAC uma entidade a quem compete “fiscalizar o mercado e combater os abusos comerciais”.

Os sociais democratas acusam Carlos Pereira, deputado na Assembleia da República, de “tudo ter feito para adiar a proposta de lei da Assembleia Legislativa de revisão do subsídio social de mobilidade”

O PSD Madeira refere que “aquilo que se impunha era uma decisão da tutela” que impedisse a companhia de “praticar preços e tarifas abusivas” e “obrigá-la a cumprir o princípio da continuidade territorial”.

Carlos Pereira desafiou o Governo Regional esta semana a encontrar uma solução célere para os preços das viagens praticados pela TAP numa altura em que os estudantes são obrigados a se deslocar ao continente para fazer as suas matrículas no ensino universitário.



Mais notícias