PS pondera avançar com queixa contra a Liga Portuguesa de Futebol

Em causa está a determinação do organismo que tutela os jogos desportivos em Portugal em não desmarcar os jogos de futebol agendados para 1 de outubro, dia em que se realizam as eleições autárquicas.

REUTERS/Stefan Wermuth

O Partido Socialista (PS) está a ponderar apresentar queixa na Comissão Nacional de Eleições (CNE) contra a Liga Portuguesa de Futebol Profissional. Em causa está a determinação do organismo que tutela os jogos desportivos em Portugal em não desmarcar os jogos de futebol agendados para 1 de outubro, dia em que se realizam as eleições autárquicas.

Em entrevista à rádio Antena 1, a secretária-geral adjunta do PS, Ana Catarina Mendes, avançou que a medida está a ser debatida dentro do partido e que devem ser tomadas medidas em breve.

“[Esta eventual queixa] não é porque estejamos contra o futebol, mas porque em dia de eleições autárquicas são várias as pessoas que se vão mobilizar”, explica Ana Catarina Mendes. “Nós não podemos achar que não temos uma problema grave de abstenção e todas as eleições e que nas eleições autárquicas e europeias se manifesta exponencialmente”.

Para o dia das eleições autárquicas, estão marcados quatro jogos da I Liga de futebol, como é o caso do clássico entre Sporting e FC Porto, às 18h, Marítimo-Benfica (20h15), Sporting de Braga-Estoril-Praia (16h00) e Belenenses-Vitória de Guimarães (20h30).



Mais notícias