Portugal Ventures investe 250 mil euros na Mapidea

Empresa cria ferramenta que permite a qualquer utilizador visualizar em mapas, informações relevantes de negócio e perceber o local onde vale a pena investir.

A Portugal Ventures, empresa do Setor Empresarial do Estado, responsável pelo investimento público de capital de risco, investiu na Mapidea, que passou a integrar o portefólio da empresa pública de capital de risco na área de Digital.

Com um valor de investimento inicial de 250 mil euros, a Mapidea desenvolve software de informação geográfica e criou uma ferramenta que permite a qualquer utilizador visualizar em mapas,  informações relevantes de negócio. A ferramenta combina informação interna com estatística e dados públicos e o software faz análises geográficas com os dados introduzidos.

A título de exemplo, num só mapa, uma cadeia de grande distribuição consegue visualizar a sua rede de lojas, a da concorrência, o perfil demográfico de potenciais clientes e decidir quais as melhores localizações para novas aberturas.

Empresas como a Vodafone, a Domino’s Pizza Portugal e a Tabaqueira, afiliada da  Philip Morris International, já estão a utilizar esta ferramenta. Também o Instituto Português do Sangue utiliza a Mapidea para saber em que zonas do país há mais e menos dádivas de sangue e qual a evolução anual por localização.

Incubada na Start Up Lisboa, a Mapidea foi fundada em maio de 2014 por Miguel Marques e Eduardo Ramos. Em comunicado, Miguel Marques, CEO, professor e especialista em sistemas de informação geográfica e geomarketing, explica que  “o investimento da Portugal Ventures é essencial para a concretização da missão da Mapidea: generalizar o acesso a ferramentas de Location Analytics a todas as organizações, por forma a criar maior valor de negócio e competitividade”.

O investimento permite alavancar a estratégia de crescimento da empresa, que passa por  “evoluir continuamente as funcionalidades do nosso produto e reforçar a área de marketing e de vendas, para criarmos uma rede internacional de parceiros comerciais e aceleramos a aquisição de novos clientes”, acrescenta o CEO.

Celso Guedes de Carvalho, presidente executivo da Portugal Ventures, sublinha que “a Mapidea democratizou o acesso aos sistemas de informação geográfica e tornou simples uma ferramenta complexa e dispendiosa, que ocupa tempo e recursos em muitas empresas”.

A Portugal Ventures assume desde 2012 a missão de colmatar insuficiências do mercado e de impulsionar o ecossistema empreendedor nacional. Para o período de 2017-2019, prevê um investimento anual na ordem dos 23 milhões de euros, com destaque para a fase Seed e partilha de dealflow com a sua comunidade de coinvestimento.



Mais notícias