Portugal poupou 1,3 mil milhões em juros, diz Mecanismo Europeu de Estabilidade

Este valor refere-se ao pagamento de serviço de dívida comparativamente com as taxas de juro que Portugal teria de pagar para se financiar nos mercados

O país que mais poupou em serviço de dívida foi a Grécia, com 9,9 mil milhões de euros. A seguir encontra-se a Espanha, com 2,1 mil milhões, Portugal com 1,3 mil milhões (representa 0,7% do PIB), a Irlanda com 700 milhões e o Chipre com 400 milhões.

Estes são dados revelados no Luxemburgo, pelo Conselho de Governadores do Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE) -constituído pelos 19 ministros das Finanças da zona euro -, como escreve a Lusa.
Segundo o relatório anual de 2016, 14,4 mil milhões de euros foi o valor poupado o ano passado pelos países que estiveram sob programa de assistência pouparam. É calculada a diferença entre os pagamentos efetivos de taxas de juros aplicadas aos empréstimos que contraíram junto do (antigo) Fundo Europeu de Estabilização Financeira e do MEE com o que pagariam no mercado para cobrir as suas necessidades de financiamento, diz a agência.


Mais notícias