Portugal exporta mais 21% para Cabo Verde

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, inicia este domingo uma visita de Estado a este país de língua portuguesa, que é simultaneamente o 24.º destino dos produtos portugueses.

Aly Song/Reuters

Portugal e Cabo Verde vivem um momento particularmente bom nas relações comerciais bilaterais. É com este pano de fundo que o Presidente da República inicia este domingo, 9 de abril, uma visita de Estado de três dias a Cabo Verde. Marcelo Rebelo de Sousa visitará  as ilhas do Fogo, Santiago e São Vicente, seguindo depois para o Senegal, onde estará também em visita de Estado.

Segundo dados do Instituto Nacional de Estatística, as exportações de Portugal para Cabo Verde somaram, em 2016, cerca de 258 milhões de euros, o que representa um acréscimo de 21% comparativamente a 2015 e fazem do arquipélago o 24.º destino dos produtos portugueses e o segundo PALOP depois de Angola.

No mesmo período, Portugal importou de Cabo Verde 11,3 milhões de euros de bens, o que traduz um aumento de 4% face ao ano anterior. “Portugal tem sido o principal parceiro comercial de Cabo Verde nos últimos três anos, ocupando a primeira posição como fornecedor e como cliente”, salientou  Jorge Salvador, delegado em Cabo Verde da  AICEP, à agência Lusa.

De Portugal para Cabo Verde vão sobretudo máquinas e aparelhos e em segundo lugar produtos agrícolas e produtos alimentares. Do arquipélago, o país importa sobretudo vestuário e o calçado, fabricados essencialmente por empresas portuguesas instaladas no país.

Segundo dados da AICEP, em 2015 havia 2771 empresas portuguesas a exportar para Cabo Verde.

Cabo Verde é o terceiro país lusófono que Marcelo Rebelo de Sousa visita em onze meses na chefia do Estado, depois de Moçambique e do Brasil.

 

 

Mais notícias