Porto: Metro vai ter sistema de alerta vermelho para quem não pagar

O Conselho de Administração da Empresa do Metro tem em cima da mesa uma proposta que assenta numa inovação tecnológica que vai complementar o serviço dos fiscais que controlam os passageiros e passam multas aos incumpridores.

A Empresa do Metro do Porto está a estudar a possibilidade de colocar um sistema de câmaras inteligentes nas estações da rede para combater a taxa de incumprimento na validação dos passes antes de entrar no metropolitano. O sistema atual não permite a detetar exatamente as fraudes, pelo que o novo sistema irá colmatar essa lacuna, sem se ter de recorrer à colocação de portões ou barreiras de acesso às estações.

Segundo avança o ‘Jornal de Notícias’, o Conselho de Administração da Empresa do Metro tem em cima da mesa uma proposta que assenta numa inovação tecnológica que vai complementar o serviço dos fiscais que controlam os passageiros e passam multas aos incumpridores. A solução passa pelo uso de câmaras, que associadas a um software, vão permitir um cruzamento de dados entre as validações com o número de pessoas que estão nas estações.

“Através da observação e da contagem das pessoas, conseguimos perceber se houve ou não muitas validações e descobrir onde há mais ou menos fraude”, explica Jorge Delgado, presidente do Conselho de Administração da Empresa do Metro. “As câmaras nas proximidades dos validadores detetam os movimentos e o próprio sistema compara ao número de validações”, sendo ainda possível colocar uma luz vermelha que dispare quando um passageiro passe sem validar o cartão Andante.

No ano passado a taxa de incumprimento detetada pelos fiscais do metro no Porto foi de 1,8%.




Mais notícias
PUB
PUB
PUB