Porco.pt: Carne de porco português com novo selo de certificação

Estudo patrocinado pela FPAS conclui de cerca de 52% dos portugueses desconhece a origem das carnes que consome. Certificação assenta na nova marca porco.pt.

A partir de ontem, passou a haver um novo selo e marca de certificação da carne de suíno produzida em Portugal.

A Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores (FPAS) fez o lançamento oficial desta nova marca, a porco.pt, no VIII Congresso Nacional de suinicultura, que decorreu no Cartaxo e contou com a presença Luís Capoulas Santos, ministro da Agricultura.

A FPAS promoveu este evento sob o mote “Dê o porco ao manifesto – Escolha o que é nosso” e considera que a iniciativa irá elevar e diferenciar a qualidade da carne de porco portuguesa. O lançamento oficial teve lugar no VIII Congresso Nacional de Suinicultura, que decorreu no Cartaxo.

“Numa altura em que 52% da população portuguesa desconhece a origem da carne que consome, segundo um estudo de mercado promovido pela FPAS em parceira com a GFK (…), torna-se essencial o lançamento de uma marca que certifique a origem da carne portuguesa e que promova a qualidade superior da mesma”, defende um comunicado da Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores.

A distinção que irá identificar o novo produto certificado lançado no mercado nacional pelos suinicultores portugueses, tem como principal objetivo diferenciar a carne de porco produzida em Portugal e surge como resposta do setor à crise vivida nos últimos dois anos.

“O produto criado e comercializado sob a nova insígnia implica o cumprimento de um rigoroso caderno de especificações, homologado pelo Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural e que regula todo o processo de produção, abate, transformação, comercialização e promoção de uma carne de qualidade superior. Todo o processo é certificado por uma entidade independente de controlo e certificação, a Certios.



Mais notícias