Pinho debaixo dos holofotes políticos

Líder do PSD deu o tiro de partida ao anunciar pedido de esclarecimentos a ex-ministro. BE propôs comissão de inquérito e PS validou.

O caso EDP  passou esta semana para a esfera política após o líder do PSD ter anunciado que vai pedir esclarecimentos ao ex-ministro da Economia, Manuel Pinho, sobre alegados pagamentos indevidos por parte do GES enquanto era governante num montante superior a 790 mil euros.

Após Rui Rio ter lançado a ideia de ouvir Pinho, o Bloco de Esquerda alargou o âmbito da audição e propôs uma comissão de inquérito sobre as rendas da energia. Um pedido que acabou por ser validado pelo PS que também quer ouvir o ex-ministro do Governo de Sócrates “o mais depressa possível”, tendo o seu líder parlamentar afirmado, nesta quarta-feira, 2 de maio, que o caso Manuel Pinho, em particular, “tem de ser esclarecido e punido” e a melhor forma de o esclarecer e resolver é através de uma comissão de inquérito .

Artigo publicado na edição semanal do Jornal Económico. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor




Mais notícias