Pastel de nata é “um pudim envolto em mistério”, diz jornal britânico

O pastel de nata português volta a ser notícia lá fora. Desta vez o Independent elaborou um artigo no qual tenta desvendar alguns dos segredos desta especialidade da doçaria portuguesa.

Feito a partir da sobreposição de folhas de massa folhada e um recheio de creme, “seria perdoado por pensar que o pastel de nata, ou a torta de creme portuguesa, é uma sobremesa bastante básica. Na realidade, é um pudim envolto em mistério”, pode ler-se na publicação do jornal britânico Independent.

O jornal partilha com os seus leitores que as origens do pastel de nata remontam ao século XIX e que segundo reza a lenda foi um monge que vendeu a receita à pastelaria em Belém. Segundo a publicação, o segredo está nos ingredientes portugueses, no amor e na atenção ao detalhe, cujos meandros de confeção são mantidos em segredo pelos melhores cozinheiros do pastel de nata.

Bruno Costa, fundador da loja I love Nata, em Londres, disse ao Independent que esta sobremesa é “uma forma de vida”.



Mais notícias