O que dizem os jornais esta quinta-feira?

Conheça aqui os principais títulos do dia.

Esta quinta-feira, dia 13 de julho, o destaque do Diário de Notícias vai para a dívida ao FMI, com a notícia de que “Centeno garante já ter metade do dinheiro que é preciso em 2018”. O jornal escreve ainda sobre o caso de Cova da Moura, noticiando que a “IGAI investigou na rua errada”.

O Público faz manchete com o Governo que dá receita fiscal a privados e perde 240 milhões. O jornal escreve ainda sobre o Estado da Nação, dizendo que António Costa ganhou tempo com a proteção da esquerda. Francisco Louçã, Bagão Félix, Francisco Assis e João Miguel Tavares analisam o debate.

No Jornal de Negócios, a manchete refere que “Costa faz ataque violento à Altice”. O jornal escreve ainda que os “contratos da PT com a Heidrick valem 20 milhões” e, nesta edição, divulga uma entrevista com o diretor do IMD, Arturo Bris: “”É provável que a Amazon venha a entrar na bolsa”.

No Correio da Manhã: “Sortudos recebem 140 milhões por ano” e “Fisco aperta Ronaldo e Jorge Mendes”.

Jornal de Notícias noticia que há “militares sob suspeita de usarem roubo para justificarem armas em falta” em Tancos. O diário escreve ainda a investigação Lava Jato “que leva Lula”, condenado a nove anos e meio de cadeia por corrupção e lavagem de dinheiro.

O jornal I faz manchete com o caso Lava Jato: “Lula na grelha”. O jornal escreve ainda sobre o debate no Parlamento sobre o Estado da Nação, dizendo que “à direita só faltou apresentar uma moção de censura”.

PUB
PUB
PUB