Novo Banco lança campanha que une processo de venda ao Mundial 2018

Banco liderado por António Ramalho deu o pontapé de saída de uma diferente iniciativa: aplaudir a Seleção Nacional e a luz verde de Bruxelas à compra pelo Lone Star.

Três golos que marcaram a semana: os dois que deram a vitória à Seleção Nacional, no último jogo com a Suíça na terça-feira, e o livre marcado pelo Novo Banco na baliza de Bruxelas. No âmbito das regras europeias de ajudas estatais, a Comissão Europeia aprovou esta quarta-feira o auxílio português à venda do Novo Banco, o que vai permitir ao novo proprietário privado avançar com o plano de reestruturação.

A pensar nas próximas jogadas, o banco liderado por António Ramalho, patrocinador oficial da Seleção Nacional, deu o pontapé de saída de uma campanha digital e impressa que associa o apuramento da ‘Equipa das Quinas’ para o Mundial 2018 à finalização do processo de venda do Novo Banco ao fundo norte-americano Lone Star.

Designada “Entre os melhores. De Novo”, a campanha, desenvolvida pela agência de publicidade BBDO, visa celebrar a conquista de um lugar no Campeonato Mundial de Futebol FIFA de 2018 e o sucesso do Novo Banco ao ver a aprovação da Comissão Europeia.

No Campeonato Europeu de Futebol de 2016, a competição que terminou com uma histórica vitória de Portugal, o Novo Banco também apoiou a Seleção Nacional.

Durante a fase de apuramento, o lema que pisava os relvados era “Patrocinador Oficial de Ambição da Seleção”, numa alusão à ambição do banco e à dos jogadores em conseguir a taça europeia. Mais tarde, já durante o campeonato, Fernando Santos foi o rosto da iniciativa “Temos Seleção para ter ambição” – na qual o desfecho foi: “A nossa ambição fez História. Parabéns a Portugal”.

 





Mais notícias