NOS poderá rescindir contrato com o Sporting

Notícia é avançada pelo jornal "O Jogo" é dá conta de que a NOS, principal patrocinador do Sporting CP, está a ponderar a rescisão de contrato com o clube "verde e branco" em virtude dos acontecimentos das últimas horas.

Cristina Bernardo

Em virtude dos acontecimentos das últimas horas e que estão a abalar o universo leonino, nomeadamente as agressões em Alcochete e da Operação Cashball, o jornal desportivo “O Jogo” dá conta de que a NOS está a ponderar a rescisão de contrato com o Sporting.

O “Jornal Económico” está a tentar obter uma reação por parte da NOS, mas até ao momento foi remetido para mais tarde um eventual comentário a este cenário.

Recorde-se que este é um contrato com validade até 2028 e com um valor estimado em 515 milhões de euros.

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou ao final da manhã a detenção de quatro pessoas durante buscas realizadas na SAD do Sporting, em Alvalade (Lisboa), por “suspeitas de corrupção ativa”.

Em comunicado, a PJ adianta que a operação ‘Cashball’ envolveu 40 elementos da PJ e incluiu uma dezena de buscas domiciliárias e num clube desportivo (Sporting).

Segundo o jornal Correio da Manhã, os quatro detidos são: Gonçalo Rodrigues, funcionário do clube, e André Geraldes, diretor desportivo do futebol do Sporting, e Paulo Silva, João Gonçalves – que não tem ligações oficial com os ‘leões.

O que diz o acordo do Sporting com a NOS?

A Sporting Clube de Portugal SAD firmou com a NOS um contrato para a cessão dos direitos de transmissão televisiva e multimédia dos jogos em casa da equipa A de futebol senior e ainda o direito de exploração estática e virtual do Estádio José Alvalade a partir de 1 de julho de 2018 e pelo período de 10 épocas desportivas. O contrato prevê ainda o direito de transmissão e distribuição do Canal Sporting TV por 12 épocas desportivas a partir de 1 de julho de 2017.

Segundo o comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a NOS passou a ser, a partir de 1 de janeiro de 2016, patrocinador principal dos leões por 12 épocas e meia.

Este acordo representa para o Sporting uma contrapartida financeira global de 446 milhões de euros, “repartida em montantes anuais progressivos”.   

Em simultâneo, o Sporting comunicou ao regulador dos mercados mobiliários que foi feito um aditamento ao contrato atual com a PPTV – Publicidade de Portugal e Televisão SA, através do qual “foram revistos os valores a pagar pelos direitos de transmissão televisiva e multimédia dos jogos em casa da Equipa A de Futebol Sénior da Sporting SAD e direito de exploração da publicidade estática e virtual do estádio José Alvalade” válido para as épocas 2015-2016, 2016-2017 e 2017-2018, ou seja, até à altura em que esses direitos irão passar para a NOS.

No total, ambos os contratos ascendem a um total de 515 milhões de euros, conclui a nota enviada pela Sporting SAD à CMVM.






Mais notícias
PUB
PUB
PUB