Ministério Público acredita que há 13 culpados pela queda do BES

Os visados ainda podem contestar a decisão. Entre os culpados estão Ricardo Salgado e cinco elementos da família Espírito Santo.

BES Av Liberdade Lisboa

O Ministério Público e comissão liquidatária do Banco Espírito Santo estão de acordo de que existem 13 responsáveis pela queda do Banco Espírito Santo (BES), entre os quais Ricardo Salgado e cinco elementos da sua família.

De acordo com um documento consultado pelo “Jornal de Negócios”, a justiça está em “plena concordância” e “total adesão” com a ideia da comissão liquidatária de que a qualificação de insolvência da instituição é culposa.

Os 13 visados ainda podem contestar a decisão e têm tipos de intervenção diferente dependendo dos “distintos níveis de conhecimento” ou “acesso a informação relevante, verdadeira e atual”, segundo o documento que se encontra na 1ª Secção do Comércio da Comarca de Lisboa.

Ricardo Salgado, Amílcar Morais Pires, António Souto, João Freixa, Joaquim Goes, Jorge Martin s, José Manuel Espírito Santo, José Maria Ricciardi, Rui Silveira, Stanilas Ribes, Manuel Fernando Espírito Santo, Pedro Mosqueira do Amaral ou Ricardo Abecassis são alguns dos nomes apontados.






Mais notícias
PUB
PUB
PUB