Manuel Champalimaud reforça nos CTT para 12,2%

Imputado à Gestmin estão já 12,17% dos CTT. Manuel Champalimaud que tem estado muito envolvido nos destinos da empresa, está assim a reforçar a sua posição como maior acionista dos CTT.

A Gestmin, de Manuel Champalimaud, continua a comprar ações dos CTT e já tem 12,17% da empresa liderada por Francisco Lacerda, ao deter 18,2 milhões de ações.

Manuel Champalimaud que tem estado muito envolvido nos destinos da empresa, está assim a reforçar a sua posição como maior acionista dos CTT.

Em comunicado a empresa CTT – Correios de Portugal, informa que receberam a 10 de janeiro de 2018 de Gestmin, SGPS, entidade estreitamente relacionada com João Afonso Ramalho Sopas Pereira Bento, Administrador Não Executivo dos CTT”, a comunicação de um reforço de capital diretamente pela Gestmin na empresa (para 11,92%) no âmbito “de transações de dirigente”. O que somando às posições dos dirigentes da Gestmin supera os 12%.

A Gestmin é a maior acionista dos CTT e, segundo dados de 05 de janeiro deste ano, é seguida pela Global Portfolio Investments, com 5,66%, Credit Suisse Group (3,31%), Norges Bank (3,15%) e BNP Paribas Asset Management (3,10%), entre outros.

 




Mais notícias
PUB
PUB
PUB