Juros para habitação atingem novo mínimo histórico

Novos empréstimos a particulares registam taxa média de 1,77%, revela o Banco de Portugal.

O Banco de Portugal (BdP) revelou hoje que, em março deste ano, as novas operações de empréstimos a particulares para habitação registaram uma taxa de juro média de 1,77%, o que representa um “novo mínimo histórico”.

No crédito ao consumo e para outros fins, as taxas de juro médias foram de 7,48% (7,58% em fevereiro) e de 3,83% (4,13% em fevereiro), respetivamente. Os volumes de novas operações de empréstimos para habitação, consumo e outros fins totalizaram 720 milhões, 393 milhões e 201 milhões de euros, respectivamente.

Mais empréstimos a empresas

Quanto às empresas, a taxa de juro média dos novos empréstimos concedidos a sociedades não financeiras foi de 2,71%, inferior aos 2,89% registados em fevereiro, correspondendo também a um novo mínimo histórico da série. A redução daquela taxa verificou-se tanto nas operações abaixo de um milhão de euros como acima de um milhão de euros.

O volume de novos empréstimos concedidos a sociedades não financeiras em março foi de 2591 milhões de euros, o que compara com os 1831 milhões de euros registados em fevereiro.



Mais notícias