IP lança concurso público para desmatar área da infraestrutura ferroviária nacional

O concurso público lançado pela IP tem um preço-base de oito milhões de euros e será repartidos em nove lotes geográficos.

A Infraestruturas de Portugal (IP) lançou um concurso público com um valor base de oito milhões de euros, para execução dos trabalhos de controlo de vegetação e desmatação na infraestrutura ferroviária ao longo de 2018.

Segundo a IP, a empreitada envolve a realização de intervenções de limpeza e gestão de faixas de combustível junto à Rede Ferroviária Nacional, dando cumprimento à Resolução do Conselho de Ministros n.º 161/2017, que aprova o plano de atuação para limpeza das bermas e faixas de gestão de combustível da rodovia e da ferrovia.

De acordo com um comunicado da gestora pública da rede ferroviária nacional, “este diploma, publicado em 31 de outubro, encarrega a IP de, relativamente à rede ferroviária, desenvolver todas as atividades necessárias, nomeadamente de deservagem e de corte seletivo de vegetação herbácea, arbustiva e arbórea até dez metros do limite do carril exterior, nas faixas de gestão de combustível”, estabelecendo igualmente “ (…) que os trabalhos de limpeza das faixas de gestão de combustível na rede ferroviária nacional, com uma extensão total aproximada de 2 500 quilómetros, darão prioridade às infraestruturas nas zonas florestais.

A IP explica que a empreitada será repartida em nove lotes, correspondendo a áreas geográficas específicas, com os respetivos preços-base: Ermesinde – 1,430 milhões de euros; Aveiro – 817 mil euros; Guarda – 789 mil euros; Coimbra 531 mil euros; Entroncamento – 1,375 milhões de euros; Caldas da Rainha – 535 mil euros; Lisboa – 395 mil euros; Setúbal – 1,049 milhões de euros; e Tunes – 1,075 milhões de euros.






Mais notícias
PUB
PUB
PUB