‘Hackers’ russos e venezuelanos tiveram intervenção na crise catalã, estima governo espanhol

Interferência será discutida pelo executivo espanhol esta segunda-feira no Conselho Europeu de ministros dos Negócios Estrangeiros.

O Governo espanhol estima que tenha existido intervenção de ‘hackers’ procedentes da Rússia e Venezuela na crise da Catalunha e vai expor esta preocupação no Conselho Europeu de ministros dos Negócios Estrangeiros, que terá lugar esta segunda-feira.

“Este é um tema grave, onde a democracia tem que enfrentar os desafios das novas tecnologias”, realçou o porta-voz do Governo após a reunião do Conselho de Ministros. “Este é um tema que estará na ordem do dia do próximo conselho de assuntos exteriores, na próxima segunda-feira em Bruxelas, onde o ministro dos Negócios Estrangeiros irá intervir nesta matéria”, anunciou o porta-voz.

“Acreditamos que a Europa tem que levar a sério este tema. Não é possível que forças estranhas, que não sabemos quem são, queiram alterar essa ordem constitucional”, argumentou.





Mais notícias