Há um “monstro” de lixo nos esgotos de Londres (não leia se for impressionável)

"É frustrante porque estas situações são totalmente evitáveis e provocadas pela gordura, óleo e banha deitados nos lavatórios e pelas toalhitas deitadas pelas sanitas abaixo", explicou a empresa de distribuição e tratamento de água da capital britânica.

Os responsáveis pela distribuição e tratamento de água em Londres encontrou um aglomerado de lixo que está a impedir a circulação de água nos esgotos da capital britânica. A causa, que seria segundo a empresa Thames Water evitável, foi a acumulação de gordura e resíduos humanos, segundo noticia o Telegraph.

A massa, que está a obstruir os esgotos da região de Whitechapel, tem 130 toneladas e 260 metros de comprimento. “É um grande monstro e vai ser precisa muita mão-de-obra e maquinaria para a remover porque é dura”, explicou o diretor do departamento de rede de resíduos da Thames Water, Matt Rimmer, em declarações ao Telegraph.

“Basicamente, é como tentar partir uma parede de cimento”, continuou Rimmer. “É frustrante porque estas situações são totalmente evitáveis e provocadas pela gordura, óleo e banha deitados nos lavatórios e pelas toalhitas deitadas pelas sanitas abaixo”.

Para lidar com o problema, a empresa vai recorrer a mangueiras de alta pressão, que serão usadas por oito pessoas para partir a massa. Os resíduos serão aspirados por camiões e levados para a reciclagem. “Verificamos os esgotos regularmente, mas estas coisas conseguem acumular-se muito rapidamente e provocar problemas de inundações, porque o lixo é bloqueado”, disse ainda.



Mais notícias