Governo apresenta projeto-piloto do Parque Nacional da Peneda-Gerês

Este projeto-piloto prevê um investimento total de 8,5 milhões de euros

O Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, apresentou o projeto-piloto do Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG), na Porta do Mezio, em Arcos de Valdeevez, fazendo um ponto de situação sobre a recuperação dos ‘habitats’ naturais, o reforço das equipas e dos equipamentos dos agentes florestais e a melhoria da rede de comunicações móveis.

“O Parque Nacional da Peneda Gerês é o único no país com este estatuto de classificação, no quadro do Sistema Nacional de Áreas Classificadas. Em outubro de 2016, após os incêndios florestais que atingiram o Parque, o Conselho de Ministros a provou o ‘Plano-Piloto de prevenção de incêndios florestais e de valorização e recuperação de ‘habitats’ naturais no Parque Nacional da Peneda-Gerês’ que visa a adoção de um conjunto de iniciativas, com destaque para a melhoria dos instrumentos de prevenção e redução do risco de incêndios”, sublinha um comunicado do Ministério do Ambiente.

O projeto-piloto do PNPG, cujo valor total do investimento é de 8,5 milhões de euros, incide igualmente na reflorestação de áreas ardidas, no ordenamento florestal, no reforço dos equipamentos e no aumento das equipas do Corpo Nacional de Agentes Florestais.

“A conservação dos ‘habitats’ naturais da Mata Nacional, a revitalização e regulação de setores produtivos tradicionais e a promoção de ações de informação da população residente e dos agentes locais, bem como a melhoria da cobertura da rede móvel são outras ações que já estão em curso”, acrescenta o referido comunicado.

Programa

10:00 – Encontro nas Portas do Mezio (PNPG)

10:15 – Boas-Vindas do Presidente de Arcos de Valdevez, João Manuel Esteves

10:30 – Apresentação do Projeto-Piloto do PNPG – Armando Loureiro

10:50 – Intervenção do Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes

11:00 – Revista às 10 Equipas contratadas e respetivos equipamentos

 



Mais notícias