Ganhos do BCP e da EDP levam PSI 20 para o verde

A Europa ganhou esta quinta-feira, de forma generalizada, a cor verde. Em sentido contrário na Bolsa de Lisboa, destacam-se as perdas da Galp.

Rafael Marchante/Reuters

O PSI 20 fechou esta quinta-feira em terreno positivo, a beneficiar para o sentimento na Europa. A bolsa de Lisboa avançou 0,86% para 5.155,93 pontos, com cotadas 12 no verde, três no vermelho e quatro inalteradas.

Destacam-se os ganhos do BCP, cujas ações subiram 3,1% para 0,223 euros, a suavizar as perdas de agosto. Na energia, a EDP avançou 1,35% para 3,228 euros por ação, a EDP Renováveis valorizou 0,5% para 6,884 euros.

No entanto, a Galp recua 0,57 % para 13,855 euros por ação, numa altura em que os preços no mercado petrolífero seguem em alta. O barril de crude WTI sobe 2,31% para 47,02 dólares, enquanto o de brent valoriza 3,06% para 52,28 dólares.

Ainda em terreno negativo no PSI 20 fecharam a Pharol (0,62% para 0,322 euros) e a Altri (0,41% para 3,680 euros).

“Os primeiros sinais de recuperação foram dados ontem e hoje vemos uma continuação da tendência altista”, explica o gestor da corretora XTB, João Tenente. “O setor bancário regista uma variação mista depois da valorização mais forte do dia de ontem. O setor energético continua a reagir em alta com EDP em destaque”.

Os juros da dívida pública recuam, a seguir a tendência europeia e a negociar próximo de 2,83% no mercado secundário.

O gestor da XTB destaca que o PSI 20 acompanhou os ganhos europeus, acrescentando que este é o segundo dia de ganhos na Europa. “Apesar da valorização de ontem, o mercado esteve a consolidar durante grande parte do dia e hoje ganha um novo fôlego para regressar à tendência altista”.

O alemão DAX ganhou 0,55%, o francês CAC 40 subiu 0,72%, o espanhol IBEX 35 valorizou 0,55%, o italiano FTSE MIB avançou 0,78% e o britânico FTSE 100 subiu 0,55%.

No mercado cambial, o destaque está nas valorizações do dólar, que segue entusiasmado pela inflação abaixo do esperado nos EUA. Quanto à moeda única, segue a deprecia-se 0,08% para 1,1875 dólares e 0,13% para 130,840 ienes. Face à divisa britânica, o euro valoriza 0,31% para 0,9223 libras.





Mais notícias