Ferreira Leite: Rio tem “mais condições” que Santana para liderar PSD

A antiga ministra das Finanças defende que Rui Rio tem "uma imagem mais sólida para desempenhar o papel de primeiro-ministro" do Santana Lopes. E lembra que o provedor da Santa Casa da Misericórdia já se candidatou ao cargo, perdendo para Sócrates por maioria absoluta.

Manuela Ferreira Leite acredita mais na candidatura de Rui Rio do que na de Santana Lopes à liderança do PSD. A sua posição foi marcada no programa da TVI24 em que tem um espaço de comentário, tendo a antiga ministra revelado ter ficado surpreendida pela candidatura de Santana Lopes, porque “não era previsível” que o provedor se candidatasse. Já quanto a Rui Rio, Manuela Ferreira Leite, afirma que “toda a gente sabia que ele tinha intenções de se candidatar” e elogia a forma como o antigo presidente da Câmara do Porto “marcou bem os pontos essenciais para o partido e o país” durante a apresentação da sua candidatura.

A agora comentadora política assumiu a sua preferência por Rui Rio para o cargo de presidente do PSD, porque o ex-autarca “tem mais condições” para chegar à liderança do PSD e “uma imagem mais sólida para desempenhar o papel de primeiro-ministro”, admitindo, no entanto, que “Santana Lopes tem mais popularidade entre os militantes do PSD do que Rui Rio”.

Manuela Ferreira Leite afirmou que a sua escolha é feita “em perceção de que vou eleger um candidato a primeiro-ministro” e, portanto, “pessoalmente, não tenho nenhuma reserva em dizer que Rui Rio tem bastantes mais condições porque tem uma imagem de credibilidade pelo seu percurso que perante a opinião pública lhe dá uma credibilidade que é superior à de Santana Lopes”.

A ex-ministra das Finanças aproveitou para lembrar que Santana Lopes “já se candidatou a primeiro-ministro” e que perdeu, por maioria absoluta, para Sócrates, acrescentando que “as pessoas que costumavam votar no PSD não lhe reconheceram, por motivos provavelmente até injustos, não lhe reconheceram essa credibilidade para ser primeiro-ministro”.





Mais notícias