Fernando Tordo acusado de desejar a morte de Cavaco Silva nas redes sociais

O músico tem estado envolvido numa polémico devido a uma publicação sobre a morte de Mário Soares, dirigida a Cavaco Silva.

O músico Fernando Tordo está a ser alvo de críticas por causa de uma publicação para o ex-presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, no Facebook. No dia do funeral de Mário Soares, o músico endereçou uma mensagem a Cavaco Silva que foi interpretada como um desejo de morte.

“Não tenho ouvido falar de si, Cavaco Silva. Um dia chega a nossa vez, não é?”, escreveu esta terça-feira Fernando Tordo na página de Facebook. Os comentários dividiram-se com alguns apoiantes, que foram ainda mais longe, a escrever mesmo que não podia morrer porque “já é um cadáver”, cita o Observador.

No entanto, outras pessoas não acharam piada às palavras e interpretaram a mensagem como um desejo pela morte de Cavaco Silva. A publicação foi entretanto apagada e substituída por uma outra em que Fernando Tordo convida quem não gostar das suas palavras a não o ler.

“Quem na frase que aqui escrevi ontem conseguiu ler que eu desejava a morte a alguém, que saia já. A porta desta minha página tem uma virtude, como a de todos: está sempre aberta, para entrar e para sair. E eu dou uma ajuda. É simples, como sabem. Basta um clique, “bloquear”. Claro que fui eu quem escreveu a frase, e claro que fui eu quem a retirou”, escreveu o músico.