Facebook vai mostrar mais ‘posts’ de amigos e família em vez de notícias e publicidade

Mark Zuckerberg tinha como resolução de ano novo “corrigir” erros no Facebook. Não perdeu muito tempo. O CEO anunciou as mudanças numa publicação na rede social, sabe que a medida vai significar menos tráfego mas acredita que o tempo passado no Facebook será mais “valioso”.

O Facebook vai dar prioridade no feed a mais publicações de amigos e familiares que o utilizador tenha como ‘amigo’ e menos aos conteúdos dos meios comunicação, marcas ou empresas. Mark Zuckerberg anunciou as mudanças numa publicação feita ontem na rede social que fundou, onde explica que a estratégia deve-se

O CEO já tinha dito que uma das suas resoluções de 2018 seria “corrigir” erros do Facebook. Provavelmente, esta seria uma das ‘falhas’ que considerou mais importante e tomou a decisão de alterar os algoritmos. “Construímos o Facebook para ajudar as pessoas a manterem-se conectadas e nos aproximarmos das pessoas que são importantes para nós. É por isso que colocamos sempre os amigos e familiares no centro da experiência”, argumenta.

O fundador desta rede social sabe que a medida vai significar menos tráfego mas acredita que o tempo passado no Facebook será mais “valioso”. “Recentemente temos recebido comentários da nossa comunidade de que o conteúdo público, posts de empresas, marcas e meios de comunicação, está a excluir os momentos pessoais que nos levam a conectarmo-nos mais com os outros”, explicou.

Os títulos do Facebook fecharam esta quinta-feira o tecnológico Nasdaq a cair 0,06% para os 187,77 dólares.





Mais notícias