Extrema-direita pode regressar ao poder na Áustria

As eleições são no domingo e a extrema-direita eurocética está em segundo lugar nas sondagens. A vitória deverá ser, desta vez, dos democratas-cristãos, por troca com os social-democratas.

O Partido da Liberdade da Áustria (FPO) comunga com a Frente Nacional francesa a mesma ideologia nacionalista, xenófoba e liberal e a mesma perceção (instalada tanto no interior como no exterior do país) de que seguirá de derrota em derrota até à vitória final.

Este conteúdo é de acesso exclusivo para assinantes. Para ter acesso escolha uma das seguintes assinaturas Jornal Económico Digital, ou faça log in aqui.


Mais notícias