Exército dos EUA vai equipar cada soldado com um ‘drone de bolso’

A aeronave não tripulada Raven, destinada a missões de inteligência e reconhecimento, foi entregue ao Governo dos Estados Unidos em abril deste ano e segundo a AeroVironment há mais protótipos a serem desenvolvidos.

Tem pouco mais de 150 gramas e pode sobrevoar áreas de confronto durante cerca de 15 minutos a uma velocidade de 35 km/h. O ‘drone de bolso’ Raven desenvolvido pela empresa norte-americana AeroVironment é a mais recente aposta do exército dos Estados Unidos para, através dos avanços tecnológicos, assegurar a segurança dos seus militares e evitar possíveis ataques armados.

A aeronave não tripulada Raven pode ser transportada numa pequena bolsa e lançada a partir da palma da mão. O seu tamanho reduzido e a facilidade com que pode ser transportado pelos militares, aliados à capacidade de retransmitir imagens de alta resolução e gravar vídeos de dia e de noite, oferecem a possibilidade de controlar pelo ar o que está a acontecer em áreas onde não se pode avançar por terra.

O primeiro ‘drone de bolso’, destinado a missões de inteligência e reconhecimento, foi entregue ao Governo dos Estados Unidos em abril deste ano e segundo a AeroVironment há mais protótipos a serem desenvolvidos.

PUB
PUB
PUB