Excedente da conta corrente da balança de pagamentos da zona euro sobe no 3º trimestre

Na União Europeia, a conta de operações corrente da balança de pagamentos registou um excedente de 69,4 mil milhões de euros (1,8% do PIB), em alta face ao excedente de 47,5 mil ME do segundo trimestre do ano e ao de 44,8 mil milhões de euros do período homólogo de 2016.

O excedente da conta de operações correntes da zona euro aumentou, no terceiro trimestre, para os 124,2 mil milhões de euros, face ao de 80,9 do trimestre anterior e ao de 87,5 mil milhões homólogos, divulga o Eurostat.

Segundo o gabinete de estatísticas da União Europeia (UE), que divulga os dados em conjunto com o Banco Central Europeu, o saldo da conta de operações correntes da balança de pagamentos representa 4,4% do Produto Interno Bruto (PIB) dos 19 países do euro.

O saldo da conta de bens da zona euro viu o seu excedente aumentar para os 98,6 mil milhões de euros, face ao trimestre anterior (82,6 mil ME) e ao homólogo (94,1 mil ME).

Também o saldo da conta de serviços registou um aumento no seu excedente para os 26,1 mil ME, que se comparam aos 17,5 mil ME do segundo trimestre e aos 9,6 mil ME do período entre julho e setembro de 2016.

A conta de rendimentos primários viu, no terceiro trimestre, o seu excedente subir para 38,7 mil ME (24,7 mil ME no trimestre anterior e 24,7 no homólogo).

O défice da conta de rendimentos secundários, por seu lado, recuou para os 39,3 mil milhões de euros, quer em cadeia (-43,8 mil ME), quer na variação homóloga (-41,0 mil ME).

Na UE, a conta de operações corrente da balança de pagamentos registou um excedente de 69,4 mil milhões de euros (1,8% do PIB), em alta face ao excedente de 47,5 mil ME do segundo trimestre do ano e ao de 44,8 mil milhões de euros do período homólogo de 2016.




Mais notícias
PUB
PUB
PUB