Esta empresa tem 40 vagas por preencher

A Mercer vai abrir ao longo deste ano um total de 40 novas vagas de emprego, em Lisboa. As formações mais procuradas são Matemática, Engenharia, Finanças, Economia e Gestão.

desempregados_iefp_desemprego_pessoa_1

A consultora vai reforçar a equipa, respondendo a necessidades nas funções de atuário, analista, consultores de investimentos e profissionais para a área de benefícios.

Além das competências técnicas, a Mercer coloca como requisitos: Capacidade e gosto de trabalhar com colegas de diversas culturas e  num ambiente de melhoria continua a nível profissional e que tenham gosto e resiliência para nunca pararem de aprender.

No ano passado, a consultora recrutou cerca de 80 pessoas para estas funções e com idêntico perfil académico.

“Encontramo-nos em forte expansão na Mercer e, como resultado, queremos encontrar os melhores talentos a nível nacional dentro de cada área, de forma a termos uma equipa competente, dedicada e eficaz, para melhor respondermos aos desafios do mercado onde operamos”, refere Diogo Alarcão, CEO da Mercer Portugal.

Nélia Câmara, gerente da Mercer Portugal e responsável pelos centros de excelência em Portugal explica que através dos três centros de excelência existentes, com cerca de 200 colaboradores, a equipa produz mais de 40 serviços diferentes para 11 países. “A qualidade do talento em Portugal contribuiu significativamente para o sucesso dos centros e é a principal razão pela qual a Mercer continua a apostar em aumentar colaboradores, assim como transferir serviços qualificados, para o nosso país”, acrescenta.

 

  • Revoltado

    E produzir…trabalhar….suar, sujar, transpirar….isso como fica? quero voltar a ver o meu País como estava com Fábricas, grandes empresas que davam trabalho a muita gente…e hoje é só porcaria…..Sorefame, Lisnave, Setenave, Celcat….etc…e por ai vamos…e hoje temos o quê? o diz que disse? pois é!…era bonito ver toda aquela gente chegar pela manhã as centenas de pessoas para começarem a trabalhar e a noite tudo a sair do trabalho….e hoje? só miséria a troco de terem vendido tudo para terem ganho o que ainda nem sabemos…a vezes demora para não dar nas vistas….um dia saberemos…

  • ze

    mais uma gigante que nada produz. portugal é fértil em empresas de RH, outsourcing, trabalho temp, …, e porquê? São contratos em cima de contratos e o trabalhador em último. Uns comem o queijo, outros o pão, e quem realmente trabalha fica com as migalhas. Povo é manso…