Está eleito o melhor tinto português pela Revista de Vinhos

A Revista de Vinhos elegeu hoje o Top 10 Vinhos Portugueses, com Triunvirato Nr. 4 (Vinho de Mesa) no primeiro lugar dos tintos e Mirabilis Grande Reserva 2015 (Douro) nos brancos.

A Revista de Vinhos elegeu hoje o Top 10 Vinhos Portugueses, com Triunvirato Nr. 4 (Vinho de Mesa) no primeiro lugar dos tintos e Mirabilis Grande Reserva 2015 (Douro) nos brancos.

A eleição, que escolheu ainda Barbeito Bastardo Avô Mário 50 Anos (Madeira) como melhor vinho fortificado, decorreu na sequência de uma prova a cerca de 60 referências que foram avaliadas por um júri de 50 especialistas de 13 diferentes nacionalidades, indica a Revista de Vinhos em comunicado.

No que respeita aos tintos, o segundo lugar foi para Rui Roboredo Madeira 2015 (Beira Interior), seguino-se Quinta Vale D. Maria 2015 (Douro) em terceiro, Cortes de Cima Reserva 2012 (Alentejo) em quarto, Sidónio de Sousa Garrafeira 2011 (Bairrada) em quinto e Quinta da Fata Touriga Nacional Grande Reserva 2014 (Dão) em sexto.

Procura 2015 (Alentejo) conquistou o segundo lugar nos brancos e Bacalhôa Superior 30 Anos 1985 (Moscatel de Setúbal) o segundo nos fortificados.

A eleição do TOP 10 Vinhos Portugueses foi feita no âmbito do evento Essência do Vinho (EV), cuja 15.ª edição decorre até domingo no Palácio da Bolsa, no Porto, com mais de 3.000 rótulos em prova livre, de 400 produtores.

Organizada em parceria com a Associação Comercial do Porto, no campo gastronómico esta edição da EV contará também com ‘chefs’ com estrela Michelin e harmonizações com tapas.

A Essência do Vinho estabeleceu em março de 2017 uma parceria com o grupo editorial Masemba para a gestão integral da Revista de Vinhos, “título especializado em vinho e enogastronomia que já conta com 26 anos de publicação contínua mensal”.

“Com esta parceria, Revista de Vinhos – A Essência do Vinho assume o objetivo de se afirmar como a mais influente publicação especializada em vinho e enogastronomia de língua portuguesa, estando mensalmente presente nas bancas de Portugal, Brasil, Angola e Moçambique”, explicava então, em comunicado, aquela publicação.

No início deste mês, o Mouchão Tonel 3-4 2011, do Alentejo, foi escolhido como Vinho do Ano 2017 pela Revista de Vinhos – Essência do Vinho que anunciou também a eleição de Luís Sottomayor, da Sogrape, como Enólogo do Ano.




Mais notícias
PUB
PUB
PUB