Encontrar casa com uma renda que possa pagar? 36% dos portugueses têm dificuldades

Esta é a conclusão de um estudo conduzido pelo portal imobiliário Imovirtual que refere que 36% dos arrendatários e 25% dos futuros compradores em Portugal enfrentam esta barreira.

Cristina Bernardo

A principal dificuldade para quem procura casa, quer seja para arrendar ou comprar, é encontrar um imóvel por um valor que possa pagar. Esta é a conclusão de um estudo conduzido pelo portal imobiliário Imovirtual que refere que 36% dos arrendatários e 25% dos futuros compradores em Portugal enfrentam esta barreira.

Além do preço, encontrar uma casa que corresponda às necessidades surge como segundo maior problema, identificado por 25% de futuros arrendatários e 22% de futuros compradores. Quanto às restantes, comparar oportunidades (8% em ambos os casos), fazer uma oferta (8% para ambos) e agendar uma visita (5% para arrendatários e 4% para compradores) são os principais fatores onde quem procura casa sente uma maior necessidade de ajuda.

“Numa altura em que o mercado imobiliário em Portugal está a atingir picos históricos e várias zonas estão a ser reabilitadas, o estudo revela ainda que compradores (adquiriram uma casa nos últimos dois anos) compraram num prédio antigo em boas condições (38%) ou num prédio novo (28%), enquanto futuros compradores (pretende comprar uma propriedade no próximo ano) estão à procura em novos edifícios (40%) seguidos por edifícios mais antigos em boas condições (25%)”, explicou a Imovirtual.

Na altura da escolha o preço é, no entanto, o segundo fator mais importante (relevante para 50% das pessoas), após a localização (75%) e antes do número de quartos (40%).

O mesmo estudo indica que encontrar casa em Portugal demora menos de seis meses, sendo que o desejo de constituir família é a principal motivação de quem compra casa (30%). O investimento é razão 19%, mudar de casa para 14%, mudar para uma casa maior para 15% e deixar de pagar renda para 9%.

No que diz respeito às tipologias das habitações, 75% de quem está à procura de uma casa para arrendar procura um apartamento, enquanto apenas 17% procura uma moradia. Quando a intenção é para comprar, 52% procura uma moradia, enquanto 40% dos futuros compradores procuram por um apartamento.






Mais notícias
PUB
PUB
PUB