Egito: Dois ataques no mesmo dia fizeram sete mortos e quatro feridos

Perto do Cairo, três homens armados mataram cinco polícias. A cerca de 450 quilómetros da Capital, na região do mar Vermelho, duas turistas foram esfaqueadas até à morte.

Duas turistas foram mortas em Hurghada, no Egito, depois de terem sido esfaqueadas. Outras quatro pessoas ficaram feridas, segundo a Reuters.

As vítimas são mulheres ucranianas, segundo o ministro do Interior, que acrescentou que o alegado terrorista nadou de uma praia vizinha para atacar as turistas, que se encontravam na praia privada do resort. O homem foi detido pelas autoridades mas ainda são desconhecidas as razões do crime.

Dos quatro feridos encontram-se três turistas da Sérvia e um da Polónia. O atacante esfaqueou os turistas no rosto, no pescoço e nos pés, segundo avança a Associated Press.

Este ataque aconteceu horas depois de cinco polícias egípcios terem sido mortos a tiro por um grupo de homens, a 20 quilómetros do Cairo. Segundo a Reuters os polícias foram alvo de uma emboscada.

“Um polícia que estava perto do local do ataque abriu fogo sobre os atacantes, forçando-os a fugir”, adiantou em comunicado o ministério egípcio.

O ataque ainda não foi reivindicado mas as forças de segurança egípcias estão a lutar contra o Estado islâmico, na região do norte do Sinai.

 

PUB
PUB
PUB