EDP e NOS levam a Bolsa de Lisboa a abrir em terreno negativo

Dois dos pesos-pesados - a EDP e a NOS - pressionam o índice PSI 20, numa sessão de descidas ténues nas praças europeias.

O índice acionista PSI 20 perde 0,33% para os 5.233,31 pontos, em linha com uma abertura de queda ligeiras na Europa. Em Lisboa, a telecom NOS cai 0,74% para 5,474 euros e a EDP-Energias de Portugal recua 0,72% para os 3,227 euros.

A REN, gestora de redes elétricas que apresenta resultados esta quinta-feira após o fecho dos mercados, desvaloriza 0,38% para 2,869 euros. Ainda no ‘vermelho’, os CTT perdem 0,53% e negoceiam nos 5,675 euros, prolongando a descida de quarta-feira, que foi de 1,62%.

No lado dos ganhos, a Pharol sobe 1,87% para 0,273 euros e a Sonae avança 1,50% para 0,948 euros.

A Sonae Capital valoriza 0,8o% para 0,895 euros. O Caixa BI subiu o preço-alvo para o título para 0,88 euros por ação, face aos anteriores 0,65 euros, e alterou a recomendação de Neutral para Reduce.  “A nova estimativa de Fair Value para o fim de 2017 (após aplicação de um desconto de 20% por se tratar de uma Holding e Small Cap) é de 0,82 euros por ação (mas inclui 0,10 euros de dividendo por ação a serem pagos nas próximas semanas) e, embora constitua uma melhoria relativamente ao anterior Fair Value
estimado, não atinge a atual cotação do título. Consequentemente, baixamos a recomendação para “Reduce”, de acordo com a nossa matriz de recomendações”, explicou o Caixa BI no Equity Daily.

Na Europa, a Bolsa de Madrid perde 0,49%, enquanto as de Frankfurt e de Paris deslizam perto de 0,10%.

 

Mais notícias
PUB
PUB
PUB