E não é que António Costa recebeu os filhos de João Miguel Tavares em São Bento?

João Miguel Tavares, conhecido opinion maker ideologicamente da ala direita, foi deixar os filhos ao Palácio de São Bento e foi recebido, mais uma vez de forma muito simpática, conta, por António Costa. Mas voltou a ironizar: "Se fossem maiores de idade, se calhar não os deixava ir, porque ainda corria o risco de votarem no PS", disse ao Público.

Num artigo de opinião, João Miguel Tavares, cronista do jornal Público, criticou a tolerância de ponto dada pelo Governo devido à visita do Papa e desafiou o primeiro-ministro a tomar conta dos seus filhos na sexta-feira. “A solução que me parece, apesar de tudo, mais fazível é esta: enquanto eu trabalho, Vossa Excelência fica-me com os putos”, foi este o desafio, em tom de ironia, que João Miguel Tavares, deixou no seu artigo de opinião.

A resposta de António Costa não se fez esperar. Depois de ler o artigo de opinião respondeu-lhe a dizer que, sim, que ficava com os filhos. Segundo contou ao Público João Miguel Tavares, o primeiro-ministro “mandou-me um email muito simpático a dizer que, se eu tinha assim tantos problemas [por causa da tolerância de ponto], ficava com as crianças de manhã, porque à tarde ia para a visita do Papa”. João Miguel Tavares pôs uma fotografia no Facebook dos filhos com o primeiro-ministro, a verem desenhos animados, nesta sexta-feira, dia 12.

João Miguel Tavares, conhecido opinion maker ideologicamente mais à direita, foi deixar os quatro filhos ao Palácio de São Bento e foi recebido, mais uma vez de forma muito simpática, conta, por António Costa. “Ele é simpaticíssimo”, admite João Miguel Tavares em declarações ao Público. No entanto não deixou de dizer com humor que havia um risco de deixar os filhos a um socialista simpático. “Se fossem maiores de idade, se calhar não os deixava ir, porque ainda corria o risco de votarem no PS”, disse ao Público.

 

Mais notícias