Início2017Dezembro

O jogador do Real Madrid tem regresso previsto a Madrid para amanhã de manhã.

O Jornal Económico pediu a personalidades de diferentes quadrantes da sociedade portuguesa para projetarem as suas expectativas e ambições para o próximo ano. Leia aqui a de Luís Cortes Martins, Isabel Capeloa Gil, Pedro Ferraz da Costa, João Vieira Lopes e Alberto Ramos.

O Jornal Económico pediu a personalidades de diferentes quadrantes da sociedade portuguesa para projetarem as suas expectativas e ambições para o próximo ano. Leia aqui a de João Alves, Pedro Soares dos Santos, José Manuel Bernardo, Sikander Sattar, Daniel Proença de Carvalho e Maria Cândida Rocha e Silva.

O próximo ano vai assistir a uma vaga de nova regulação no setor financeiro, com a entrada em vigor da diretiva DMIFII e o regulamento RMIF.

Do défice mais baixo desde 1974 (ou a subida da notação da dívida pública resgatada do nível de “lixo”) até à dupla tragédia dos incêncios florestais em Portugal.

Cortes de produção, petróleo de xisto e eventos geopolíticos foram os principais fatores que marcaram o mercado petrolífero o ano que termina e 2018 não deverá ser muito diferente.

Vamos ter ainda mais turistas mas falta “convencê-los” a ficar mais tempo.

O ministro do Interior do Irão esclareceu que não vai tolerar o alastrar da violência, medo e terror. O The Guardian refere que são esperados mais protestos este domingo.

Passou a ser respeitada a diretiva sobre funções do Estado de bandeira, depois de certificado Sistema de Gestão de Qualidade.

Orçamento, défice, incêndios ou Costa. O ano de 2017 foi “contraditório” para o presidente Marcelo Rebelo de Sousa, eleito a figura do ano pelos leitores do Jornal Económico.

PUB
PUB
PUB