Chocolate que provocou ruturas de stock no Japão e Coreia prestes a chegar a Portugal

Portugal é um dos primeiros países europeus a comercializar o popular chocolate da Nestlé já no próximo mês de maio.

O KITKAT Sublime Ruby chegou ao Japão e à Coreia em janeiro, e logo na primeira semana de lançamento as lojas registaram diariamente ruturas do stock, obrigando a reposições a cada 30 minutos. Este chocolate é produzido na cidade de Hamburgo, na Alemanha. Em maio, será a vez de Portugal receber a novidade. Estes produtos nunca foram lançados em simultâneo no mercado europeu e asiático.

O KITKAT Sublime Ruby, o primeiro e novo chocolate cor-de-rosa da Nestlé, com um sabor frutado a bagas vermelhas.

“Com o novo KITKAT Ruby queremos mostrar que continua a ser possível inovar no mercado de chocolates, surpreendendo os consumidores e mostrando que criatividade e inovação podem andar de mãos dadas. Não se trata de uma extensão de um produto vendido na Ásia, mas sim da globalização de um quarto tipo de chocolate”, enfatizou Pedro Loureiro, Marketing Group Manager Nestlé Chocolates ao Jornal Económico.

Com esta novidade, o KITKAT junta uma quarta referência de chocolate às três variedades já existentes no mercado: chocolate negro, chocolate de leite e chocolate branco.

Os chocolates Kit Kat, estreados no Reino Unido em 1935, são um chocolate extremamente popular na América do Norte e na Europa. Os consumidores no Japão têm preferência pelo produto em parte porque o nome parece “kitto katsu” – ou “certeza de ganhar” em japonês.

Um destino popular para os fãs do chocolate é o Kit Kat Chocolatory, situado num centro comercial subterrâneo ligado à estação de Tóquio, onde a Nestlé vende sabores de luxo que podem custar mais de 1.500 ienes (cerca de 11 euros) por pacote. O Japão tem o segundo maior consumo mundial de Kit Kats.

 

 




Mais notícias
PUB
PUB
PUB