Cancelar Obamacare é “irresponsabilidade”, adverte Obama

Obama pronunciou-se pela primeira vez após a administração Trump ter anunciado como primeira medida o desmantelamento do Obamacare.

Barack Obama criticou o Partido Republicano por tencionar cancelar a reforma de saúde – promulgada em 2010- antes de apresentar uma proposta alternativa no Congresso, num artigo no New England Journal of Medicine. 

“Esta abordagem de “revogar em primeiro lugar e substituir depois” é simplesmente irresponsável – e pode lentamente esvaziar o sistema de saúde que todos nós dependemos”, acusou.

Relembrando o crescimento do número de americanos que conseguiram o acesso aos cuidados de saúde, sublinhou que “ao invés de comprometer a segurança financeira e o acesso aos cuidados de dezena de milhões de americanos, os políticos devem desenvolver um plano para construir sobre o que funciona”.

A duas semanas de deixar a Casa Branca e na busca de uma estratégia para salvar o Obamacare, argumenta a incerteza que a primeira medida já anunciada pela administração de Trump levará ao sistema de saúde americano. As companhias de seguros “podem aumentar significativamente os preços para se prepararem para as alterações do próximo ano”, escreve ainda.

 

 

 



Mais notícias